Translate

FRASE DO SR: JESUS CRISTO

“Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido.”
SENHOR JESUS CRISTO, Lucas 12:2

GENOCÍDIO NO IRAQUE, COMETIDO POR "CRISTÃOS"

Iraq Deaths Estimator

FASCISMO _SIONISTAS___RETALIAÇÃO CONTRA__PUTIN_




1958 – Panamá – Tropas dos Estados Unidos invadem e combatem manifestantes nacionalistas panamenhos;
1961/1975 – Vietnã. Aliados ao sul-vietnamitas, o governo americano invade o Vietnã e tenta impedir, sem sucesso, a formação de um estado comunista, unindo o sul e o norte do país. Inicialmente a participação americana se restringe a ajuda econômica e militar (conselheiros e material bélico). Em agosto de 1964, o congresso americano autoriza o presidente a lançar os EUA em guerra. Os Estados Unidos deixam de ser simples consultores do exército do Vietnã do Sul e entram num conflito traumático, que afetaria toda a política militar dali para frente. A morte de quase 60 mil jovens americanos e a humilhação imposta pela derrota do Sul em 1975, dois anos depois da retirada dos Estados Unidos, moldou a estratégia futura de evitar guerras que impusessem um custo muito alto de vidas americanas e nas quais houvesse inimigos difíceis de derrotar de forma convencional, como os vietcongues e suas táticas de guerrilhas;
1962 – Laos – Militares americanos invadem e ocupam o Laos durante guerra civil contra guerrilhas do Pathet Lao;
1964 – Panamá – Militares americanos invadiram mais uma vez o Panamá e mataram 20 estudantes, ao reprimirem a manifestação em que os jovens queriam trocar, na zona do canal, a bandeira americana pela bandeira de seu país;
1965/1966 – República Dominicana – Trinta mil fuzileiros e pára-quedistas desembarcaram na capital do país, São Domingo, para impedir a nacionalistas panamenhos de chegarem ao poder. A CIA conduz Joaquín Balaguer à presidência, consumando um golpe de estado que depôs o presidente eleito Juan Bosch. O país já fora ocupado pelos americanos de 1916 a 1924;
1966/1967 – Guatemala – Boinas Verdes e marines invadem o país para combater movimento revolucionário contrário aos interesses econômicos do capital americano;
1969/1975 – Camboja – Militares americanos enviados depois que a Guerra do Vietnã invadem e ocupam o Camboja;
1971/1975 – Laos – EUA dirigem a invasão sul-vietnamita bombardeando o território do vizinho Laos, justificando que o país apoiava o povo vietnamita em sua luta contra a invasão americana;
1975 – Camboja – 28 marines americanos são mortos na tentativa de resgatar a tripulação do petroleiro estadunidense Mayaquez;
1980 – Irã – Na inauguração do estado islâmico formado pelo Aiatolá Khomeini, estudantes que haviam participado da Revolução Islâmica do Irã ocuparam a embaixada americana em Teerã e fizeram 60 reféns. O governo americano preparou uma operação militar surpresa para executar o resgate, frustrada por tempestades de areia e falhas em equipamentos. Em meio à frustrada operação, oito militares americanos morreram no choque entre um helicóptero e um avião. Os reféns só seriam libertados um ano depois do seqüestro, o que enfraqueceu o então presidente Jimmy Carter e elegeu Ronald Reagan, que conseguiu aprovar o maior orçamento militar em época de paz até então;
1982/1984 – Líbano – Estados Unidos invadiram o Líbano e se envolveram nos conflitos no país logo após a invasão por Israel – e acabaram envolvidos na guerra civil que dividiu o país. Em 1980, os americanos supervisionaram a retirada da Organização pela Libertação da Palestina de Beirute. Na segunda intervenção, 1.800 soldados integraram uma força conjunta de vários países, que deveriam restaurar a ordem após o massacre de refugiados palestinos por libaneses aliados a Israel. O custo para os americanos foi a morte 241 fuzileiros navais, quando os libaneses explodiram um carro bomba perto de um quartel das forças americanas;
1983/1984 – Ilha de Granada – Após um bloqueio econômico de quatro anos a CIA coordena esforços que resultam no assassinato do 1º Ministro Maurice Bishop. Seguindo a política de intervenção externa de Ronald Reagan, os Estados Unidos invadiram a ilha caribenha de Granada alegando prestar proteção a 600 estudantes americanos que estavam no país, as tropas eliminaram a influência de Cuba e da União Soviética sobre a política da ilha;
1983/1989 – Honduras – Tropas enviadas para construir bases em regiões próximas à fronteira invadem o Honduras;
1986 – Bolívia – Exército invade o território boliviano na justificativa de auxiliar tropas bolivianas em incursões nas áreas de cocaína;
1989 – Ilhas Virgens – Tropas americanas desembarcam e invadem as ilhas durante revolta do povo do país contra o governo pró-americano;
1989 – Panamá – Batizada de Operação Causa Justa, a intervenção americana no Panamá foi provavelmente a maior batida policial de todos os tempos: 27 mil soldados ocuparam a ilha para prender o presidente panamenho, Manuel Noriega, antigo ditador aliado do governo americano. Os Estados Unidos justificaram a operação como sendo fundamental para proteger o Canal do Panamá, defender 35 mil americanos que viviam no país, promover a democracia e interromper o tráfico de drogas, que teria em Noriega seu líder na América Central. O ex-presidente cumpre prisão perpétua nos Estados Unidos.
1990 – Libéria – Tropas invadem a Libéria justificando a evacuação de estrangeiros durante guerra civil;
1990/1991 – Iraque – Após a invasão do Iraque ao Kuwait, em 2 de agosto de 1990, os Estados Unidos, com o apoio de seus aliados da Otan, decidem impor um embargo econômico ao país, seguido de uma coalizão anti-Iraque (reunindo além dos países europeus membros da Otan, o Egito e outros países árabes) que ganhou o título de “Operação Tempestade no Deserto”. As hostilidades começaram em 16 de janeiro de 1991, um dia depois do fim do prazo dado ao Iraque para retirar tropas do Kuwait. Para expulsar as forças iraquianas do Kuwait, o então presidente George Bush destacou mais de 500 mil soldados americanos para a Guerra do Golfo;
vertical-align: baseline;">1990/1991 – Arábia Saudita – Tropas americanas destacadas para ocupar a Arábia Saudita que era base militar na guerra contra Iraque;
1992/1994 – Somália – Tropas americanas, num total de 25 mil soldados, invadem a Somália como parte de uma missão da ONU para distribuir mantimentos para a população esfomeada. Em dezembro, forças militares norte-americanas (comando Delta e Rangers) chegam a Somália para intervir numa guerra entre as facções do então presidente Ali Mahdi Muhammad e tropas do general rebelde Farah Aidib. Sofrem uma fragorosa derrota militar nas ruas da capital do país;
1993 – Iraque – No início do governo Clinton é lançado um ataque contra instalações militares iraquianas em retaliação a um suposto atentado, não 1994/1999 – Haiti – Enviadas pelo presidente Bill Clinton, tropas americanas ocuparam o Haiti na justificativa de devolver o poder ao presidente eleito Jean-Betrand Aristide, derrubado por um golpe, mas o que a operação visava era evitar que o conflito interno provocasse uma onda de refugiados haitianos nos Estados Unidos;1996/1997 – Zaire (ex-República do Congo) – Fuzileiros Navais americanos são enviados para invadir a área dos campos de refugiados Hutus;
1997 – Libéria – Tropas dos Estados Unidos invadem a Libéria justificando a necessidade de evacuar estrangeiros durante guerra civil sob fogo dos rebeldes;
1997 – Albânia – Tropas invadem a Albânia para evacuar estrangeiros;
2000 – Colômbia – Marines e “assessores especiais” dos EUA iniciam o Plano Colômbia, que inclui o bombardeamento da floresta com um fungo transgênico fusarium axyporum (o “gás verde”);
2001 – Afeganistão – Os EUA bombardeiam várias cidades afegãs, em resposta ao ataque terrorista ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001. Invadem depois o Afeganistão onde estão até hoje;
2003 – Iraque – Sob a alegação de Saddam Hussein esconder armas de destruição e financiar terroristas, os EUA iniciam intensos ataques ao Iraque. É batizada pelos EUA de “Operação Liberdade do Iraque” e por Saddam de “A Última Batalha”, a guerra começa com o apoio apenas da Grã-Bretanha, sem o endosso da ONU e sob protestos de manifestantes e de governos no mundo inteiro. As forças invasoras americanas até hoje estão no território iraquiano, onde a violência aumentou mais do que nunca.
Relacionado


TODO CONHECIMENTO PERTENCE A HUMANIDADE

jgkjhg66.gif (73505 bytes)=V

ATAHUALPA YUPANQUI

=

"DEMOCRACIA"

JESUS VOLTOU, ELE NUNCA FOI.

Segredos de "historia"

Os judeus sionistas por trás do comunismo e o maior assassino da história
O já conhecido ativista e Dr. PhD norte-americano David Ernest Duke ( ou somente, David Duke), nos mostra em mais um de seus vídeos, a correlação entre a judiaria sionista, o comunismo do início do século XX e seus genocídios, apresentando ao mundo, o maior genocida da história, um judeu sionista e comunista chamado Genrikh Yagoda, o membro do Estado Soviético responsável por cometer os maiores assassinatos em massa da história, no comando da temida e sanguinária NKVD. Porque ninguém conhece esse homem? Ou a etnicidade do comunismo, a judiaria? E porque ninguém fala dos inúmeros VERDADEIROS holocaustos cometidos por eles no século XX? Veja...
Canal David Duke (Youtube)
- www.youtube.com/drdduke
Website Oficial:
- davidduke.com
Veja Também:
- A revolução Bolchevista e seus segredos
- Comunismo, uma arma para a conquista judaica=x

ILUMINATIS.

=C

ILUMINATIS

ILUMINATIS E MAÇONARIA DE MÃOS DADA.

Os partidos são comandos pelas elites.Não existe "esquerda nem direita".Querem poder e lucros??????

sexta-feira, 12 de julho de 2013

COMO A REDES DE TV "MANIPULAM " MASSAS.

[CIA] MATOU PHILIP MARSHAL E FAMÍLIA ??

O PODER DA TELEVIÃO, SE FOSSE USADA PARA DESPERTAR O POVO.

[J.F.K.] O ULTIMO HERÓI.

BENJAMIN FREEDMAM--1961 --EXSIONISTA

O BANCO TE CONTROLA, PELA SUA DIVIDA.

MULHERES ESCRITORAS.

DEVANEIOS ----CASSIUS NEY ROCHA.

"O QUE EU COMO E ABRAÇO PLENO,BEM PODE SER O SEU VENENO.MAS COMO VAI VOCÊ SABER SEM TENTAR"[RAUL SEIXAS]. OS TEXTOS QUE SÃO POSTADOS AQUI, POR MIM REQUER , PESQUISAS E ESTUDOS PARA VOCÊ CHEGAR A SUA CONCLUSÃO [NÃO ESQUEÇA A GUERRA QUE EXISTE PELO DOMÍNIO DA INTERNET .ESTA SENDO USADA A ARMA DA INFORMAÇÃO E DA CONTRA-INFORMAÇÃO, REQUER VOCÊ TER UM PARÂMETRO, UM PLUMO PARA NÃO SER ENGULIDO."POR FADAS, DUENDES, ALIENÍGENAS. TUDO PARA TE DESCONCENTRAR E TIRAR SEU OBJETIVO.A NÃO SER QUE SEU OBJETIVO SEJA ESSES. ENTÃO JÁ ACHOU A SUA ROTA.".EU NÃO SOU DONO DA VERDADE APENAS O QUE ACHO VITAL E IMPORTANTE PARA HUMANIDADE.RETRANSMITO PARA FRENTE, PARA OUTROS "VIAJANTES" NA INTERNET.EU PESQUISO TUDO VARIAS VEZES E POSTO AQUI NESTE SITIO, SITE, BLOGGER.SOU UM SER VIVO QUE PERECE E NASCE TODOS OS DIAS.QUERO O BEM DE TODOS OS MEUS "IRMÃOS", NO PLANETA.E QUE OS IMPIOS, VILÕES, FACÍNORAS PAGUEM POR SEUS CRIMES. P.S. TODO CONHECIMENTO PERTENCE Á HUMANIDADE._____ _ CASSIUS NEY ROCHA

FRASE__VOLTEIRE

“Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser,mas defenderei até a morte o direito de você dizê-la"

RESPONSABILIDADES.

RESPONSABILIDADE DE IMAGENS PUBLICADAS NESTE BLOGGER ,Têm sua origem em mails enviados por colaboradores. No mesmo tempo, elucidar a preocupação dos fenômenos que está acontecendo em nossos dias; sabemos que estas informações são importantes para quem as lê. Se você souber de alguma irregularidade como violação de direitos ou ainda caso seja o proprietário dos direitos de alguma dessas imagens, sinta-se a vontade para comunicar-nos colocando um comentário aqui ou enviando um e-mail para o gerenciador do blog, que prontamente comentaremos ou removeremos a colocação referida.
CONTEÚDO DE INFORMAÇÃO , Procuro compreender o mundo que me cerca e os motivos que estão levando a nossa "selvagem civilização à derrocada final". Todo ser humano, sem exceção, possui o livre arbítrio e ao usá-lo vai ter que colher aquilo que semeou. Então que assim seja, pois somos todos livres para escolhermos o nosso destino.
As informações contidas ,neste site sem aviso prévio de 3 (Youtube, Google, etc) alterados, suprimidos ou acrescentados. O autor, portanto, não pode garantir a exatidão, integridade, qualidade ou atualidade da informação prestada. Cassius Ney Rocha.

VISITANTES.

CARPE DIEM!!

"Odes" (I, 11.8) do poeta romano Horácio (65 - 8 AC): "Carpe diem quam minimum credula postero" (Aproveite o dia, confia o mínimo no amanhã) - Gramática do Mundo - Ler e escrever o mundo através da Geopolítica - "A melhor maneira de predizer o futuro é inventá-lo" (Alan Kay) - "Eu quase que nada sei, mas desconfio de muita coisa" (Guimarães Rosa)

ATENÇÃO!!

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas. É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação.

Arquivo do blog

Minha lista de blogs

NUMERO DE VISITANTES , DEPOIS DA FUSÃO DE O3, BLOGER

visitas